Free hugs in Porto “The only thing that is capable of transforming us is Love” / Free hugs no Porto “A única coisa que é capaz de nos transformar é o Amor”

img_4014On the 23rd of February we were in Santa Catarina street fighting against homophobia. In response to the homophobic attack of the well-known lesbian couple of youtubers MP & Barbara that took place in this street in January, 2 associations,  Tudo Vai Melhorar and Free Hugs, organized an anti-homophobic free hugs happening. 

Em 23 de fevereiro, estávamos na rua de Santa Catarina lutando contra a homofobia. No mês passado, na Rua Santa Catarina, ocorreu um episódio homofônico. A associação Tudo Vai Melhorar ea associação Free Hugs – Free Hugs recordam o que aconteceu com uma iniciativa: dar abraços a vítimas de homofobia. Foi neste lugar que O conhecido casal de youtubers MP e Bárbara foram vítimas de violência verbal e ameaças, em 8 de janeiro, porque mostraram afeto.

img_4007 img_4008

18616239_glqzz 18616238_sbek3

MP explained what happened on that day in a interview

After I hugged Barbara and kissed her goodbye for her to go to work, I heard insults and was threatened by a man sitting on the stairs in Santa Catarina Street in Porto. He called me several times as a “nut” and threatened me

I went to find a police agent, but he was no longer there, so there was no way to identify him. The police officer said that he could file a complaint up to 6 months after the event. He advised me to call the police immediately as soon as I found the man on the street at any moment.

11329793_1630353493885335_534145217720043234_n

MP disse mais sobre este dia numa entrevista:

“Depois de eu (MP) abraçar a Bárbara (namorada) e darmos um beijo de despedida para ela ir trabalhar, ouvi insultos e fui ameaçada por um homem sentado numas escadas, na Rua Santa Catarina, no Porto. Chamou-me várias vezes de “porca” e ameaçou-me com chapadas.

Ao fim de encontrar a polícia, o agente dirigiu-se ao local, mas o sujeito já não se encontrava lá. Por isso não houve como o identificar. O agente da polícia disse que se podia apresentar queixa até 6 meses depois do acontecimento. Aconselhou-me a ligar imediatamente para a polícia logo que encontrasse o sujeito na rua em qualquer momento.”

MP and Bárbara have been together for several years and have both met difficulties in making their families accepting their sexual orientation. On their Youtube channel, as well as on their instagram, they aim at fighting homophobia, by sharing their experiences but also simply by publicising their love. 

MP e Bárbara estão juntos há vários anos e têm encontrado dificuldades em fazer aceitar a sua orientação sexual pelas suas famílias. No seu canal Youtube, assim como no seu instagram, o casal quer lutar contra a homofobia, partilhando as suas experiências, mas também simplesmente divulgando o seu amor.

More information about MP and Barbara

Before presenting more Free Hugs and Tudo Vai Melhorar and their projects, we wanted to share how we felt and what we saw during this experience. MP and Barbara were both standing, eyes blinded with a headband, arms wide-opened. In the beginning most of people showed curiosity, some of them embarassment, but it took some time for a first girl to walk up and hug them. From that moment, more and more people went for it, from what we could see, it was easier for tourists than for locals that often had some hesitation before going. It was amazing to think that MP and Barbara were feeling truly supported by them, even though they couldn’t see their faces. 

Antes de apresentar mais os Free Hugs, o Tudo Vai Melhorar e os seus projetos, queríamos partilhar como nos sentimos e o que vimos durante esta experiência. MP e Barbara estavam de pé, olhos cobertos e braços abertos. No inicio, a maioria das pessoas mostrava curiosidade mas demorou algum tempo para que uma primeira rapariga abraçá-las. A partir desse momento, mais e mais pessoas foram para elas, e do que podíamos ver, era mais fácil para os turistas do que para os locais que muitas vezes tinham alguma hesitação antes de ir. Foi incrível pensar que a MP e a Barbara se sentiam verdadeiramente apoiadas por eles, mesmo que não pudessem ver os seus caros.

Free Hugs – Abraços Gratis

13239437_1081209128617492_435924065277325864_n

The Free Hugs group was launched in February 2011 in the Secundary School Camilo Castelo Branco in Vila Nova de Famalicão, a city located between Porto and Braga. Initiated by Diogo Coelho and Duarte Pinho, both university students, the group aims at :

Giving love and affection, in the form of hugs, to all the people to need it, and at raising awareness and encouraging people to implement campaigns themselves.

Throughout these 3 years the group has carried out, in addition to the campaigns of distribution of free hugs in the streets, several solidarity events, as for instance a campaing against senior homelessness. Indeed, the association’s objective is to participate and contribute in various social causes, with broad goal of the reduction of inequalities and the promotion of solidarity, cooperation and well-being.

In 2014 the group became an official association, the Free Hugs Association, consisting of about 15 members and volunteers.

13220971_1072486349489770_8894163382614909424_n

O grupo Free Hugs foi lançado em Fevereiro de 2011 na Escola Secundária Camilo Castelo Branco em Vila Nova de Famalicão, que fica entre Porto e Braga. Iniciado por Diogo Coelho e Duarte Pinho, ambos estudantes universitários, o grupo visa:

A distribuição de amor, carinho e afecto, na forma de abraços, a todas as pessoas que necessitem, assim como sensibilizar e incentivar as pessoas a realizarem campanhas do género.”

Ao longo destes 3 anos o grupo realizou, além das campanhas de distribuição de abraços livres nas ruas, vários eventos solidários, como por exemplo uma campanha contra o abandono sénior nos lares.O objetivo da associação é participar em várias causas sociais, para contribuir à redução das desigualdades e promoção da solidariedade, cooperação e bem-estar. Em 2014 o grupo tornou-se numa associação oficial, a Free Hugs Association, constituída por cerca de 15 membros e os seus voluntários.

Contact: geral@freehugs.pt

Tudo Vai Melhorar – Everything will get better

projeto

Tudo Vai Melhorar was officially established as a Non-Governmental Organization (NGO) in June 2015 and is part of the Federation of Youth Associations of the District of Porto (FAJDP), our organization. The purpose of the association is to promote human rights in its various aspects, with a special focus on the implementation of projects supporting the social integration of young LGBTI – Lesbian, Gay, Bisexual, Trans, Intersex and their Supporters.

O Tudo Vai Melhorar se constituiu oficial e legalmente uma Organização Não Governamental (ONG) em Junho 2015 e faz parte da Federação das Associações Juvenis do Distrito do Porto (FAJDP), a nossa organização. A associação tem como fim promover a defesa dos Direitos Humanos nas suas mais diversas vertentes com especial enfoque na implementação de projetos apoiando a integração social dos jovens LGBTI – Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans, Intersexo e seus apoiantes.

In only 2 years the association has already developed several interesting projects: 

Em apenas 2 anos a associação já desenvolveu vários projetos muito interessantes:

  • Tudo Vai Melhorar / Everything Will Get Better:

filipe-apresentacao

The main project of the association is based on the power of storytelling: Tudo Vai Melhorar invites everyone to share their message of hope. Thus, through concrete and real examples LGBT young people can see that they can acheive high levels of happiness, just the way they are. 

The video library is available on Tudo Vai Melhorar’s web-site where everyone can access and share their story. 

O principal projeto da associação é baseado no poder do storytelling: Tudo Vai Melhorar convida todas as pessoas em partilharam a sua mensagem de esperança: Assim,  através de exemplos concretos, os jovens LGBTI vêem que eles podem atingir níveis elevados de felicidade, do jeito que eles são.

A biblioteca de vídeos está disponível no web-site da associação no qual todos podem aceder e partilhar também a sua história.

  • Já Melhorou / Already improved:

jamelhorou.jpeg

Another project, developed in 2015, is the creation of the first Portuguese web-series LGBTI, “Jà Melhorou“. The episodes share the stories of known people who publicly “went out of the closet”, they report the obstacles they had to face and how they got through them. 

Um outro projeto, desenvolvido em 2015, foi a criação da primeira web-serie portuguesa LGBTI, “Jà Melhorou”. A série partilha as histórias de pessoas com notoriedade pública ou na comunidade assumidamente Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans ou Intersexo – LGBTI. Eles relatam os obstáculos que eles tinham de enfrentar e como eles ultrapassaram-os.

  • Hora Segura / Safe Time:

horaseguratemplate.jpg

“Safe time” is a space for counseling and emotional support for all people, yet it has its main focus on LGBT youth who are being bullied. Through Facebook chat, they can receive support that can contribute to soften the situation they are going through, and thus increase their well-being.

This project started in July 2015, and takes place every Sunday of the month from 10:00 pm to 11:00 pm.

A “Hora segura” é um espaço para aconselhamento e apoio emocional para todas as pessoas, contudo tem o seu principal foco nos jovens LGBT que estão a ser vítimas de bullying. Através do chat do Facebook, podem receber um apoio que pode contribuir para amenizar a situação que estão a passar.

O projeto teve inicio em Julho de 2015, e ocorre todos os Domingos do mês das 22h às 23H.

  • Projeto escolas:

projeto-escolasTudo Vai Melhorar also gices presentations in schools, about bullying based on sexual orientation and gender identity.

O Tudo Vai Melhorar dinamiza igualmente apresentações escolares sobre a temática do bullying com base na orientação sexual e na identidade de género.

  • A falar é que a gente se entende / Talking is that we understand each other:

13077001_1820629367968262_37330269430822198_n

In partnership with our Storyboard Café (where we eat lemon cake and drink coffee every day), Tudo Vai Melhorar organizes informal talks on the last Thursday of each month. Open to everyone, these talks are always about a relevant topic for the LGBTI community .

Em parceria com o Storyboard Café, a Associação Tudo Vai Melhorar organiza conversas informais nas últimas quintas-feiras de cada mês. Elas são abertas a todas as pessoas.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s